Ibovespa futuro acompanha cautela no exterior e recua; inflação e juros seguem no radar

Em sessão de poucos indicadores, aumentam expectativas sobre dados de inflação nos EUA, que podem pautar próximos passos do Fed

O Ibovespa futuro opera em baixa nos primeiros negócios desta quarta-feira (8), em linha com o pré-mercado em Nova York e as Bolsas europeias. O clima de cautela volta a pesar sobre o mercado, que espera por indicadores de inflação importantes para esta semana, como o IPCA de maio aqui no Brasil e a inflação ao consumidor nos Estados Unidos, que sairá na sexta-feira (10).

A agenda do dia está fraca de indicadores e os investidores repercutem expectativas, com reunião de política monetária do Banco Central Europeu nesta quinta-feira e decisão sobre juros pelo Federal Reserve na semana que vem, junto com o BC brasileiro.

Às 9h18 (horário de Brasília), o Ibovespa futuro para junho operava em baixa de 0,62%, aos 109.650 pontos.

O dólar comercial subia 0,25% a R$ 4,886 na compra e na venda. O dólar futuro para julho subia 0,43%, a R$ 4,925.

Os juros futuros operam mais uma vez em alta: DIF23, + 0,01 pp , a 13,49%; DIF25, + 0,06 pp, a 12,762%; DIF27, + 0,07 pp, a 12,64%; e DIF29, +0,07 pp, a 12,75%.

Os futuros em NY recuam após dois dias seguidos de ganhos. O mercado segue aguardando os dados de inflação a serem divulgados na próxima sexta-feira para entender qual caminho será seguido pelo Fed.

Espera-se que o índice de preços ao consumidor de maio nos EUA (a ser divulgado na sexta-feira) seja apenas um pouco mais frio do que abril, e alguns economistas esperam que isso possa confirmar que a inflação atingiu o pico.

O índice de confiança do consumidor da Universidade de Michigan, também previsto para sexta-feira, também será observado de perto pelos investidores.

O Dow Jones futuro caía 0,37%, enquanto os futuros do S&P 500 e Nasdaq recuavam, respectivamente, 0,31% e 0,23%.

As Bolsas europeias voltam a cair com cautela sobre aperto monetário. O Stoxx 600 cai 0,77%.

Amanhã o Banco Central Europeu anunciará sua decisão sobre juros. O mercado acha improvável que a taxa seja elevada na reunião desta semana, mas acredita que o aperto monetário deve começar em julho, como o próprio BCE já sinalizou.

O comunicado após a decisão de amanhã é bastante aguardado pois deve dar a tônica dos próximos passos da autoridade monetária em um cenário de inflação crescente.

Na Europa, a produção industrial da Alemanha avançou 0,7% em abril ante março, segundo dados publicados nesta quarta-feira, 8, pela Destatis, a agência oficial de estatísticas do país.

A leitura ficou abaixo da alta prevista por analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que esperavam ganho de 1,0%.

O Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro cresceu 0,6% no primeiro trimestre de 2022 ante o quarto trimestre do ano passado, segundo a terceira e última leitura do indicador divulgada nesta quarta-feira pela Eurostat, a agência de estatísticas da União Europeia (UE).

O resultado representa uma revisão positiva em relação à estimativa anterior, que apontava expansão de 0,3% na atividade. Na comparação anual, a economia da zona do euro teve avanço de 5,4% entre janeiro e março, 0,3 ponto porcentual acima do cálculo prévio.

Na Ásia, a maioria das Bolsas fechou em alta. Destaque para os ganhos em Hong Kong, puxados por ações de tecnologia: Alibaba subiu 10,12%, enquanto Tencent subiu 6,47% e NetEase ganhou 5,66%.

Apesar das restrições por conta da Covid 19, os estrangeiros fizeram aportes líquidos de US$ 2,5 bilhões em ações chinesas no mês de maio, maior volume em quatro meses, de acordo com dados da Refinitiv.

Já o PIB do Japão encolheu 0,5% anualizado no primeiro trimestre, mostraram dados revisados ​​do governo na quarta-feira – uma melhora em relação à estimativa inicial de contração de 1%.

Fonte: InfoMoney

Entre em contato conosco: (11) 95091-2770 | Rua Amazonas, 439 CJ 45 – São Caetano do Sul XP (ABC) | Av. Ibirapuera, 1753 – XP -Moema – SP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Parabéns, sua solicitação foi recebida e você acaba de receber gratuitamente nosso incrível ebook.

Para baixar acesse o seu e-mail.